Dicas

Raiz de Adão: propriedades medicinais e características de aplicação na medicina tradicional


A raiz de Adão (selo de Adão) recebeu outros nomes: dioscorea comum (Dioscorea communis), tamus comum (Tamus communis). A planta milagrosa tornou-se famosa graças às propriedades medicinais da raiz. Não confunda tamus com maçã de adão. Embora tenham vários efeitos semelhantes no corpo, são plantas completamente diferentes.

Descrição botânica e locais de crescimento do tamus comum

A grama das espécies de lianiformes pertence à família dioskoreana, cujo comprimento pode ser de 4 metros. A poderosa raiz tuberosa do tamus é caracterizada por uma forma alongada e uma cor marrom escura. Em toda a sua área existem pequenas raízes. Na fratura, possui uma polpa suculenta de cor amarelada, reminiscente de óleo.

As placas em forma de folha em forma de coração têm outro arranjo, e pequenas flores amarelo-esverdeadas aparecem dependendo do local de crescimento (de maio a junho). A fruta é bagas vermelhas venenosas. Na maioria das vezes, essa grama é encontrada nas latitudes meridionais, prefere as áreas montanhosas, em particular o Cáucaso. Em vista desse recurso o tamus é chamado caucasiano Ren-Shen. Para o tratamento, é usada uma planta que cresce longe das áreas industriais e é ecológica.

Composição e propriedades medicinais da raiz de Adão

A composição da raiz do fogo (o nome era devido às suas propriedades de aquecimento) substâncias biologicamente ativas estão incluídas:

  • taninos;
  • compostos orgânicos;
  • pectinas;
  • ácidos;
  • óleos;
  • uréia

Além disso, contém oligoelementos indispensáveis ​​para ossos e tecidos moles. Preparações contendo tamus são ativamente utilizadas no tratamento de muitas doenças, uma vez que eles têm as seguintes ações:

  • estimula a capacidade de regenerar tecidos danificados;
  • ativa os processos de circulação sanguínea local;
  • restaura membranas mucosas;
  • Possui efeitos analgésicos, cicatrizantes e anti-inflamatórios;
  • fortalece o sistema cardiovascular.

As propriedades curativas da raiz são reconhecidas pela medicina doméstica e tradicional. As empresas farmacológicas produzem medicamentos com esse componente.

A raiz de Adão na medicina popular

Coleta, preparação e armazenamento de matérias-primas medicinais

Na maioria das vezes, a raiz do caule da planta é coletada, em casos raros, folhagens e sementes jovens. O período mais favorável para a colheita são os primeiros meses do outono. A colheita também é possível na primavera (março). Desde suco de grama é tóxico, luvas devem ser usadas para evitar queimaduras durante a coleta e a preparação para a secagem.

As matérias-primas devem ser cortadas em pratos finos e secas em condições naturais, em local protegido da luz solar. É permitido o uso de secadores especiais, mas a baixa temperatura.

As matérias-primas acabadas embrulhadas em papel e refrigeradas podem ser armazenadas por um período de tempo considerável. O medicamento na forma de infusões deve ser armazenado em um recipiente de vidro escuro em local fresco.

O uso da raiz de Adão na medicina popular

A trepadeira perene é usada no tratamento domiciliar na luta contra muitas doenças como um complemento à terapia básica. A grama curativa tem um amplo espectro de ação: alivia a inflamação, alivia a dor e ajuda na cicatrização de feridas. Antes de usar a cultura, é recomendável consultar um especialista.

Receitas de decocções e infusões

As decocções são frequentemente usadas na forma de cataplasmas e compressas. Como a planta é venenosa, é importante tomá-la com cautela. Se você precisar usar por via oral, deve cumprir a dosagem.

  1. Para preparar a tintura, você deve moer 200 g do componente seco e colocá-lo em um prato de vidro, de preferência escurecido. Em seguida, adicione 500 ml de vodka e coloque em um local escuro por 12 dias. A composição deve ser agitada regularmente. Antes de usar, o produto deve ser filtrado. O medicamento ajuda com problemas nas articulações. Para maior efeito, depois de esfregar a área afetada, é recomendável aplicar lã.
  2. Caso a tintura se destine a uso interno, você deve tomar 10 g do componente seco e despejar 500 ml de vodka. Após 10 dias, filtre a composição e tome-a estritamente de acordo com o esquema: 1 colher de sopa mexa em meio copo de água. O curso do tratamento é de 45 dias. Então você precisa fazer uma pausa por meio mês e, se necessário, repetir o curso.
  3. Para preparar o caldo, você deve tomar 10 g do produto triturado e misturar 250 ml de água quente, colocar em banho-maria e deixar por meia hora. Em seguida, retire e deixe por mais um quarto de hora. Depois disso, filtre. Coma 1 colher de sopa antes das refeições, três vezes ao dia.

Tintura de álcool

Para preparar uma tintura contendo álcool, é necessário levar 200 g da planta milagrosa esmagada na forma seca, colocar em recipientes de vidro e despejar 500 ml de vodka a 40%. Coloque os pratos fechados por 10 dias em uma sala protegida da luz solar. O produto final não precisa ser filtrado. O prazo de validade é de pelo menos 3 anos. O medicamento é usado externamente para esfregar as articulações afetadas, de preferência à noite. O procedimento é realizado uma vez por dia, após o qual o local de moagem deve ser embalado calorosamente.

No combate à inflamação dos anexos, é necessário despejar 1 colher de sopa de matérias-primas em 500 ml de álcool e coar após 10 dias. O produto também deve ser infundido em um local escondido do sol. 1 colher de sopa deve ser diluída em meio copo de água e consumida meia hora depois de comer.

Como é um tamus comum?

Usando Raiz de Planta Fresca

Na terapia caseira, são utilizados produtos feitos a partir de um produto fresco. Nesse caso, a raiz deve ser armazenada na geladeira, mas por um curto período de tempo.

  • Se você precisa aliviar a dor, a raiz precisa ser cozida no vapor em água quente e envolvida em pano ou gaze. Em seguida, anexe à área afetada.
  • Para o combate à patologia do trato respiratório e úlcera péptica moer as matérias-primas para um estado piegas e misture com manteiga e mel em proporções iguais. O medicamento acabado deve ser consumido 1 colher de chá antes de uma refeição.
  • Eczema e verrugas reduzido por meios preparados da seguinte forma: misture o produto triturado com a mesma quantidade de pomada bórica a 3% até ficar homogêneo. Recomenda-se que os adesivos na pele sejam lubrificados com muita frequência. Para aumentar o efeito, pó de heléboro pode ser adicionado à polpa.

Adam root pomada

Outro remédio baseado em uma raiz em chamas é uma pomada. Na receita de preparação, além de matérias-primas frescas, são moídos em um ralador fino, vaselina, óleo vegetal ou gel de massagem na proporção de 1:10. A pomada resultante pode esfregar as articulações doentes em movimentos circulares por 10 minutos. Depois disso, essa parte do corpo deve ser enrolada por várias horas. Para armazenamento, a pomada deve ser refrigerada.

Para melhorar os resultados do tratamento, após a remoção da compressa, recomenda-se esfregar as áreas afetadas, pois estimular a circulação sanguínea melhora o metabolismo. Após procedimentos usando uma planta venenosa, é importante lavar bem as mãos.

Contra-indicações tamus vulgar

Como qualquer planta, consumir uma trepadeira perene nem sempre é seguro. É proibido o uso de raízes na medicina caseira nos seguintes casos:

  • crianças menores de 5 anos;
  • gravidez e lactação;
  • intolerância individual aos componentes que compõem sua composição;
  • doença oncológica, independentemente da localização.

Os efeitos colaterais do uso externo de medicamentos à base de tamus incluem queimaduras e reações alérgicas.

Com a administração oral da planta, o aparecimento de reações adversas, como:

  • náusea
  • diarréia
  • irritação do sistema digestivo.

Importante! Em todos os casos, antes de iniciar o tratamento da doença com qualquer um dos métodos alternativos, recomenda-se entrar em contato com uma instituição médica para consulta com um médico. Uma abordagem integrada leva a melhores resultados.

Para o auto-cultivo da raiz de Adão, não é necessário amarrá-la. Liana cresce ao lado de outras plantas e se enrola ao longo de seus galhos. Em vista disso, seu rizoma é confundido com as raízes das plantas vizinhas e dificulta a extração do solo. Sob condições favoráveis, a liana forma matas. É resistente ao gelo, portanto, não requer abrigo para o inverno.